segunda-feira, dezembro 22, 2008

quinta-feira, dezembro 18, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Dani: Vó, você é mãe da minha mãe, né?
Vó: Sim. E?...
Dani: Se você mandar, ela tem que te obedecer, né?
Vó: É.
Dani: Manda minha mãe comprar abacaxi pra fazer xarope pra mim, que eu tô com muita tosse?

***Eu Mereço!***
Xarope de Abacaxi
Ingredientes:
1/2 abacaxi, cortadinho
1 xícara (chá) de mel de abelhas
1/2 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água
folhas de guaco, limoeiro e mangueira (bem novinhas)
1 pitada de sal
Maneira de Fazer:
Faça uma calda com o açucar e a água (como para pudim). Acrescente o abacaxi e o mel. Misture. Acrescente as folhinhas e o sal. Deixe ferver uns 15 a 20 minutos. Deixe que esfrie, coe. Conserve em vidro na geladeira.
Em crises de tosse dê às colheiradas, entre 3 a 4x/dia

sexta-feira, dezembro 05, 2008

COMO AJUDAR O VALE A SE REERGUER NO MÉDIO PRAZO?

A tragédia que atingiu a população do Vale do Itajaí tem despertado a solidariedade de todo o país.
Emergencialmente, toda forma de ajuda é necessária; sejam doações em dinheiro, alimentos ou quaisquer donativos.
Entretanto, em breve elas cessarão e temos que começar a pensar em como reerguer a cidade após o período de comoção nacional.
Aos muitos amigos de outras cidades e estados que me perguntam qual a melhor forma de ajudar Blumenau e região, tenho respondido: consumam produtos fabricados em nossa região. Enterrados os mortos, temos que cuidar dos vivos.
A economia do vale foi atingida de forma duríssima e os prejuízos certamente serão agravados pelo desemprego e a pobreza vindouras nos próximos meses. A solução é fazer a economia girar, para que as empresas mantenham os empregos e cada um possa reconstruir sua vida a partir de seu próprio trabalho. Sugiro aos meus amigos: comprem roupas da Hering, cervejas da Eisenbahn, fraldas da Cremer, camisas da Dudalina, condimentos da Hemmer, toalhas da Teka, Karsten, Artex, refrigerantes Thon e tantos outros produtos ligados à nossa região.
Como sugestão às redes de varejo, coloquem gôndolas específicas com todos os produtos do vale e com a seguinte chamada: "ajude a manter os empregos no Vale do Itajaí: compre produtos da região". Tenho certeza que o potencial de auxílio dessa campanha seria muito maior que as doações, pois todo o Brasil, ao experimentar nossos produtos, pode até tornar-se cliente cativo ante a reconhecida qualidade.
Aos governos e associações comerciais e industriais locais, caberia iniciar uma campanha de marketing incentivando o consumo de produtos locais, ou ainda um selo tipo "Prata da Casa!" para identificar os produtos locais.
No mínimo nós, moradores da região, temos a obrigação de, ao consumir, dar prioridade a produtos que ajudem a movimentar a economia catarinense.
Se cada um fizer sua parte, logo veremos o renascimento da economia local através da principal característica deste povo: o trabalho sério.

Caio Alexandre Wolff,
Advogado blumenauense

quarta-feira, novembro 26, 2008

Da Série: Coisas da Roça


Não sei o nome dele, mas ele andou visitando meu quintal. Consegui tirar umas fotos boas. Ele é muito dócil
Posted by Picasa

terça-feira, novembro 25, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Outro dia, o Odie pegou uma meia do Dani e ficou correndo pelo quintal com ela na boca, esperando que alguém quisesse recuperá-la. Isso é típico dele, que é bem moleque...

Vó: O Odie tá com uma meia na boca, mas eu não vou correr atrás dele pra pegar.

Mãe: É do Dani. Eu já vi. A gente pega quando ele largar por aí...

Um tempo depois... avó recupera a meia, largada no quintal.

Isa: Dani, o Odie pegou sua meia! Ele entregou pra vovó! (quem conta um conto, aumenta um ponto!) A vovó é muito digna!

A mãe, aqui: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

segunda-feira, novembro 24, 2008

domingo, novembro 16, 2008

É difícil de acreditar mas ........

Quem entende Portugal ? As advertências aos consumidores abaixo foram coletadas em hipermercados portugueses, em duas horas apenas, por um médico brasileiro que ministrou curso em Lisboa, a convite da OMS. Todas são absolutamente verdadeiras, inclusive os nomes dos produtos:


Num secador de cabelos: 'NÃO USE QUANDO ESTIVER DORMINDO' (Sei lá, você pode querer ganhar tempo .)

Na embalagem do sabonete anti-séptico Dial: 'INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL' (Boa! Cabe a cada um imaginar pra que serve um sabonete anormal)

Em alguns pacotes de refeições congeladas Swan: 'SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO' (É só sugestão, tá ok? De repente o pessoal pode estar a fim de chupá-las como picolé)

Numa touca para a ducha: 'VÁLIDO PARA UMA CABEÇA' (Alguém muito romântico poderia colocar a sua e a da amada na mesma touca)

Na sobremesa Tiramisú da marca Tesco, impresso no lado de baixo da caixa: ' NÃO INVERTER A EMBALAGEM' (Opa! Se você leu o aviso, é porque já inverteu !)

No pudim da Marks & Spencer: 'ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO' (Brilhante !)

Na embalagem do ferro de passar Rowenta de fabricação alemã: 'NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO' (Gostaria de conhecer a infeliz criatura que não deu ouvidos a este aviso)

Num medicamento pediátrico contra o catarro infantil, da Boots: 'NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINÁRIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE MEDICAMENTO' (Tantos acidentes poderiam ser evitados se fosse possível manter esses travessos miúdos de 4 anos longe dos volantes dos carros e dos tratores Caterpillar)

Nas pastilhas para dormir da Nytol: 'ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA' (Pode não, deve! Foi prá isso que eu comprei).

Numa faca de cozinha: 'IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO' (Será que lá os cachorros e gatos são ninjas disfarçados? Nunca vi nenhum mexer em faca !)

Numa caixa de luzes para decoração de Natal: 'USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR' (Alguém pode me dizer qual é a 3ª opção ?)

Nos pacotes de amendoim da Sainsbury: 'AVISO: CONTÉM AMENDOINS' (Mania de estragar as surpresas !)

Numa serra elétrica da Husqvarna, de fabricação sueca: 'NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS' (Kit de castração caseira ?)

Num saquinho de batatas fritas: 'VOCÊ PODE SER O VENCEDOR. NÃO É NECESSÁRIO COMPRAR. DETALHES DENTRO'. (sem comentários)

Numa fantasia infantil de Super-Homem: 'O USO DESSE TRAJE NÃO O TORNA APTO A VOAR'. (Olha como isso destrói a imaginação da criança ! )

quinta-feira, novembro 13, 2008

domingo, novembro 02, 2008

Da série: Criança Diz Cada Uma!

Papai tinha uma reunião importante, que exigia o uso de terno. Daniel sai com esta:
"Hummmmm! Que elegante! Parece até homem!"
Posted by Picasa

quarta-feira, outubro 22, 2008

Da Série: Tô Ficando Véia!

Ontem, crianças vendo desenho na TV ( primeiro sinal de velhice: eu não me dou mais ao trabalho de conhecer todos os desenhos) e eu, ocupada com afazeres domésticos. De repente, o nome de um personagem me chama a atenção...

"Que história é essa?! Agora tem até 'Dinossauro Gay'?!"
"Dinossauro Rei, Mãe! Dinossauro Rei!"

Não é preciso dizer que daí, começaram a fazer mil piadas, "me tirando", né?

sexta-feira, outubro 17, 2008

Curso de Formação para Homens

INSCRIÇÕES ABERTAS - NÃO PERCAM!

Novo Curso de Formação para Homens

OBJETIVO PEDAGÓGICO
Permite aos homens desenvolver a parte do corpo da qual ignoram a existência: o cérebro
SÃO 4 MÓDULOS

Módulo 1: Introdução (Obrigatório)
1. Aprender a viver sem a mamãe (2.000 horas)
2. Minha mulher não é minha mãe (350 horas)
3. Entender que não se classificar para o Mundial não é a MORTE (500 h)

Módulo 2: Vida a dois
1. Ser pai e não ter ciúmes do filho (50 horas)
2. Deixar de dizer impropérios quando a mulher recebe suas amigas (500 h)
3. Superar a síndrome do ' o controle remoto é meu' (550 horas)
4. Não urinar fora do vaso (1.000 horas - exercícios práticos em vídeo)
5. Entender que os sapatos não vão sozinhos para o armário (800 h)
6. Como chegar ao cesto de roupa suja (500 horas)
7. Como sobreviver a um resfriado sem agonizar (450 horas)

Módulo 3: Tempo livre
1. Passar uma camisa em menos de duas horas (exercícios práticos)
2. Tomar a cerveja sem arrotar, quando se está à mesa (exercícios práticos)

Módulo 4: Curso de cozinha
1. Nível 1 (principiantes - os eletrodomésticos) ON/OFF = LIGA/DESLIGA
2. Nível 2 (avançado) minha primeira sopa instantânea sem queimar a Panela
3. Exercícios práticos - ferver a água antes de por o macarrão

CURSOS COMPLEMENTARES: POR RAZÕES DE DIFICULDADE , COMPLEXIDADE E ENTENDIMENTO DOS TEMAS , OS CURSOS TERÃO NO MÁXIMO 3 ALUNOS.
1. A eletricidade e eu: vantagens econômicas de contar com um técnico competente para fazer reparos;
2. Cozinhar e limpar a cozinha não provoca impotência nem homossexualidade (práticas em laboratório);
3. Porque não é crime presentear com flores, embora já tenha se casado com ela;
4. O rolo de papel higiênico: Ele nasce ao lado do vaso sanitário? (biólogos e físicos falarão sobre o tema da geração espontânea)
5. Como baixar a tampa do vaso passo a passo (teleconferência);
6. Porque não é necessário agitar os lençóis depois de emitir gases intestinais (exercícios de reflexão em dupla);
7. Os homens dirigindo, podem SIM, pedir informação sem se perderem ou correr o risco de parecerem impotentes (testemunhos);
8. O detergente: doses, consumo e aplicação. Práticas para evitar acabar com a casa;
9. A lavadora de roupas: esse grande mistério!!
10. Diferenças fundamentais entre o cesto de roupas sujas e o chão (exercícios com musicoterapia);
11. A xícara de café: ela levita, indo da mesa à pia? (exercícios Dirigidos por Mister M);
12. Analisar detidamente as causas anatômicas, fisiológicas e/ou psicológicas que não permitem secar o banheiro depois do banho.

Nota importante: Meu maridão não precisa fazer o curso!

segunda-feira, outubro 13, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Hoje pela manhã:

Isa: Pai, sabe o Antonio Carlos? Não o vovô, o cantor?
Pai: Roberto Carlos, filha!

quarta-feira, setembro 24, 2008

A diferença entre homens e mulheres...


**DICIONÁRIO FEMININO**
Sim. = Não.
Não. = Sim.
Talvez... = Não.
Não sei se será assim. = Vai ser como eu quero.
Nós queremos. = EU quero.
Faça como quiser. = Vai pagar muito caro por isto!
Precisamos conversar... = Agora você vai ouvir.
Vai em frente. = Não quero que vá.
Não estou chateada. = Lógico que estou chateada.
Seja romântico, apague as luzes... = Sinto-me gorda.
Esta cozinha não dá muito jeito = Quero uma casa nova.
Até que ponto você me ama? = Fiz algo que você não vai gostar de saber...
Estou pronta num minuto! = Tire os sapatos, escolha um canal de TV e relaxe.
Estou gorda? = Diz que estou bonita.
Precisa aprender a comunicar. = Concorde sempre comigo.
Não estou gritando! = VOU QUEBRAR TUDO!

**DICIONÁRIO MASCULINO**
Estou com fome. = Estou com fome.
Estou com sono. = Estou com sono.
Estou cansado. = Estou cansado.
Quer ir ao cinema? = Vamos transar ?
Aceita jantar? = Vamos transar ?
Posso te ligar? = Vamos transar ?
Quer dançar comigo? = Vamos transar ?
Bonito vestido! = Que decote! Vamos transar !
Você parece tensa... Deixa eu te fazer uma massagem. = Vamos transar .
Estou chateado. = Vamos transar .
Te amo! = Vamos transar , agora!
Vamos conversar... = Vamos transar ...
Quer se casar comigo? = Não quero que andes por aí transando com outros.
Gosto mais desse... = Qualquer vestido serve, vamos transar duma vez!

quarta-feira, setembro 17, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma - Atualizado!

Os meninos daqui de casa andam loucos por rocambole. Resolvi tentar fazer. Digo "tentar", porque há tempos não faço e quem conhece a técnica sabe que '"rocambole, teu nome é prática"! BEm, hoje tava inspirada. Coloquei a mão na massa. Na hora de enrolar, quebrou, ficou feio. Chegou o Dani na cozinha e...

Dani: "Rocambole?"
Mamãe: "É. Mas ainda não está pronto..."
Dani: "Está horroroso!"
Mamãe: "Eu disse que ainda não tá pronto!"
Dani: "Mas está horroroso! É de chocolate?"
Mamãe: "É de chocolate, sim. Tudo bem. Tá horroroso, então, quando ficar pronto você não come. Simples."
Dani: "Eu quis dizer 'Grande'. Às vezes eu quero dizer 'grande' e digo 'horroroso'. Só troco as palavras!"

Pois sim. Eu sei!
*********************
Hoje no café da manhã:
Dani: Mãe, corta um pedaço do rocambole pra mim?
Mãe: Você não disse que tava horroroso?! Já está quase acabando...
Dani: Eu falei da aparência. O gosto tá bom!
Ele não se aperta!

quarta-feira, setembro 10, 2008

A Fábula da Verdade

Uma tarde, muito desconsolada e triste, a verdade encontrou a Parábola, que passeava alegremente, num traje belo e muito colorido.

- Verdade, porque estás tão abatida? - perguntou a Parábola.
- Porque devo ser muito feia já que os homens me evitam tanto!
- Que disparate! - riu a Parábola - não é por isso que os homens te evitam.Toma, veste algumas das minhas roupas e vê o que acontece.

Então a Verdade pôs algumas das lindas vestes da Parábola e, de repente, por toda à parte onde passava era bem vinda. - Pois os homens não gostam de encarar a Verdade nua; eles a preferem disfarçada.
(Conto Judaico)

domingo, setembro 07, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Hoje, no churrasco, Dani já tinha comido, mas estava "de olho" na lingüiça... Toda hora ia ver se tinha saído mais. Voltava com a cara fechada.

Mãe: Ué, filho. Nada de lingüiça? Mas eu vi o churrasqueiro colocando alguma coisa lá, na mesa.
Dani: Não, é picanha.
Pai: Vai comento picanha, enquanto não sai a lingüiça!Você gosta, que eu sei!
Dani: Eu gosto. Mas não quero desperdiçar minha fome...

sexta-feira, setembro 05, 2008

Da Série: Coisas de Casal

Ontem, crianças dormindo. Casalzinho no sofá vendo seriado policial. Marley se acomoda no sofá e eu digo: "Olha só! nem parece viralatas. Qualquer um diz que é de raça pura!" Marido: "O que entrega é o rabo!" Como diria Tutubarão: "Mas que falta de respeito!"

quarta-feira, setembro 03, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Estávamos no carro, voltando pra casa. Vimos um caminhão-pipa parado, regando a grama de um condomínio. Dani:

"Olha! Um caminhão de bombeiro!"
"Não, filho. Chama Caminhão-Pipa."

Isabel...
"Por quê? Ele voa?"

domingo, agosto 31, 2008

Piadinhas

Loiras
Uma velha loira sai do consultório sem entender muito o que o médico falou. Intrigada, volta e pergunta outra vez ao doutor: "Doutor, o senhor disse capricórnio ou sagitário?" "Câncer, senhora, câncer"


Outra velha loira pergunta à sua netinha: "Chiquinha, me fala: como se chama aquele alemão que me deixa completamente doida?" "Alzheimer, vovó..."


Domingo pela manhã, o homem cortava sua grama calmamente quando sua vizinha loira e gata caminhou até a caixa de correio, abriu a caixa e fechou com força e voltou furiosa para casa. O homem continuou lá, aparando a grama quando, de repente, a musa loira voltou. Ela caminhou bufando até a caixa de correio, abriu e socou a Caixa e voltou pra casa batendo o pé. Poucos minutos se passam quando a loira aparece novamente. Com o andar impaciente, abre a caixa de correio, xinga, bate a caixa e volta queixosa. O homem, já bastante curioso com a situação, pergunta: "Algo errado, vizinha?" Ao que ela responde: 'Tudo errado! Aquele meu computador estúpido não pára de dizer que minha caixa de correio está cheia!'


Neurônios masculinos
No cérebro de um homem havia um neurônio sozinho. Um dia, um outro neurônio passa por lá meio apressado; O neurônio solitário diz:
-Olá! Tudo bem? Como vai? Prazer em vê-lo! Vamos conversar!
O neurônio que passeava pelo cérebro estranha a hospitalidade e
responde:
- Olá, companheiro! Posso saber o motivo de tanta felicidade ao me ver?
- Quer saber? Você é o primeiro neurônio que vejo passar por aqui depois de décadas... estou sozinho há tanto tempo nesse maldito cérebro...
- Mas espera aí... há quanto tempo você está aqui solitário?
- Bem...desde sempre... sempre estive aqui...
- Cara, mas você é burro mesmo ! Desce pro pinto ... Tá todo mundo lá!


Raciocínio Rápido
O sujeito está na cama com a amante quando ouve os passos do marido. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela. Ele reluta, porque está caindo uma chuva forte. Mas, não tendo outro jeito, pula e cai na rua, no meio de uma maratona. Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito. Afinal, ele está pelado!
Um corredor pergunta:
-Você sempre corre assim pelado?
- Sim! - responde o amante - É tão bom ter essa sensação de liberdade..
Outro corredor pergunta:
- Mas você sempre corre assim pelado carregando suas roupas?
Sujeito não se dá por vencido:
-Eu gosto assim. Posso me vestir no fim da corrida e pegar o carro para ir para casa...
Um outro corredor insiste:
- Mas você sempre corre assim pelado carregando suas roupas e com uma camisinha no pinto?
O sujeito responde:
- Só quando está chovendo!

Nada contra loiras, velhas, homens ou maratonistas!

domingo, agosto 24, 2008

Jeca Tatoo

- É aqui que fai tatuage?
- Ô se é. Vamo entrando, sô. Nói fai e fai prumódi dexá o criente satisfeito que só veno. Dondé que vai querê as picada, seu moço?
- Tô achando que no ombro fica mió.
- Por mim pode sê até nas parte baixa, é a gosto do fregueis. Mai gerarmente os barbado prefere no braço e as muié no tornozelo ou na nuca. Deixa eu pegá o mostruário com os desenho procê oiá.
- Tá bão.
- Ói só que beleza. Tem figura pra mai de metro. Saci Pererê, Cuca, Lobisômi, Boitatá, Curupira, Mula sem Cabeça, tem um sortimento variado. Aqui é a seção das drupa caipira. Nói tem Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Pardinho, Pena Branca e Xavantinho, Cascatinha e Nhana...
- Não tem drupa mai moderna? Esses aí é tudo véio, tem uns que já bateu com as bota fai tempo.
- O pobrema é que eu num trabaio com drupa moderna prumódi que daqui a poco ninguém mai lembra quem é, daí a tatuage tá feita e a pessoa vai querê tirá. Aí já viu, tatoo é pra vida intera. Essas drupa de hoje, vô falá uma coisa, só se for decarque de chicrete, que sai no banho.
- Mai é certeza que a tatuage que ocê fai não sai nunca mai?
-Pode fazê o que fô - entrá no riberão, esfregá com bucha, passá arco que não sai nem que a vaca tussa.
- Memo com a lida na roça, adispois de carpi e ficá suado?
- Eu agaranto. Óia só esse Chico Bento, vai ficá bunitão aí no seu braço. Já imaginô ocê na quermesse, disfilano pra cima e pra baxo com essa tatoo lindona? Vai abafá, rapai.
- Bão tamém...
- Tem os que gosta dos desenho mais radicar. A fia do Nhô Nerso mandô tatuá essa cavera aqui, tá vendo.
- Hum, sei. Parece aqueis aviso de veneno que tem nos saco de adubo.
- Entonce, é memo. O pessoar que adispois que tatuou a cavera o padre Neco não deixô mai entrá na igreja.
- Vixe, jura?
- É, mai aí a curpa não é minha. A moça é di maior, quis fazê e eu fiz, uai. Cada um é cada um, tá certo? Esses aqui tamem, cê pode escoiê à vontade. Enxada, trator, porco no chiquero, boizinho no currar, pato na lagoa, pangaré, cobra no mei do mato...
- E se eu quisé trazê o retrato de arguém, ocê fai iguar a fotografia?
- Nói fai sim, mai aí vareia o preço. Anteonte apareceu um hómi aqui com um retrato dum conjunto chamodo Os Bito, não sei se cê conhece.
- Já ouvi falá.
- Pois entonce, aí no caso era quatro figura pra tatuá, tivemo que tratá um preço especiar purquê deu cansera pra fazê. Trei dia e trei noite. Ah, esqueci de falá procê que agora nói tá diversificano as tatoo, com uns motivo cológico e vegetariano. Nói tatua pé di mio, bacatero, cafezar, laranjera, abeia fazeno mér, vô mostrá procê vê.
- Óia, nem pricisa. Não carece se preocupá. Gostei dimai da conta dessa violinha. Quanto é que é pra fazê essa aqui?
- Essa aí eu cobro dois saco de feijão. Mas procê virá fregueis eu faço por cinco pé de arface.
- Falô e dizeu. Mai só que eu tô sem arface no borso, posso trazê dispois?
- Craro, não tem pressa, uma hora que ocê vié de charrete pra cidade ocê acerta.
- E as agúia, é limpa?
- Ô rapai, quê isso. Tudo agúia descartáve.
- Então vamo lá, Jeca. Pó fazê o serviço.
- Báxa as carça.
- Mai eu falei que era no ombro!
- Ô rapá, tinha isquicido...

Fonte: Líricas Bulhufas - Marcelo Sguassábia - Jornalzen, Agosto/2008

quinta-feira, agosto 21, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Mais uma do Dani. Hoje ele tava a toda!

"Mãe, hoje o Lucas quase me bateu!"

"Ainda bem que foi quase, né?"

"Sabe por quê? Quando ele esticou o braço pra me dar um soco, eu segurei a mão dele e fiz cosquinha no suvaco dele! É o meu golpe Karatê Kosquinha!"

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Hoje, vovó estava pegando polpa de maracujá no freezer... Dani entra na cozinha e diz:

"Que susto! Pensei que você tinha mudado o ângulo da geladeira!"

Achei engraçada a expressão e devolvi:

"E lá você sabe o que é ângulo?! Se diz mudado de lugar!"

"Ângulo é quando você faz assim, ó! [e mostrou direitinho!]"

Eu ainda me espanto!!!

quinta-feira, agosto 07, 2008

Meg comendo jaboticabas


Meg comendo jaboticabas
Upload feito originalmente por Truffa, Art & Cia
Essa é a Meg. Adora jaboticabas. Sabe escolher as maduras e tira do pé. A gente sempre pega as do alto pra deixar ela comer as que estão mais ao alcance dela. Ela tem displasia e não consegue se apoiar nas patas traseiras. Só por isso não "sobe" pra alcançar as mais altas.

terça-feira, julho 29, 2008

Criança diz Cada Uma (Férias)


Isabel para vó Edi, a respeito de um presente que eu ganhei da bisa dela: "Ela é meio piruinha"

***

Dani para Tia Paula: "O Gabriel é aviciado em video game!"


Quando lembrar, posto mais!

segunda-feira, julho 28, 2008

De volta à programação normal...


Voltamos no sábado. Estou às voltas com comida, faxina, roupa pra colocar em dia. Mas aos pouquinos vou colocando aqui algumas coisinhas...

sexta-feira, julho 11, 2008

segunda-feira, julho 07, 2008

Peso na Consciência!


O Marley adora ir buscar pedras, como se fossem bolinhas. Os meninos adoram provocá-lo. Melhor nem perguntar de quem foi a gracinha!
Posted by Picasa

sexta-feira, junho 27, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Ontem estávamos vendo C.S.I. NY, crianças enrolando pra dormir. De repente, aparece a Estátua da Liberdade.

Isabel: Nossa! é aí que vive a Estátua da Liberdade?!

Ale: Não vive, minha filha, fica. É uma estátua!

Caímos na risada.

sexta-feira, junho 20, 2008

Olha a Lagartixa!

Eu estava lavando a varanda, de repente, vejo essa filhotinha tentando "nadar contra a corrente". Resolvi resgatar, mas não "de graça". Tinha que valer uma foto, né? Bom final de semana pra todos

quinta-feira, junho 19, 2008

Da Série: Reduzir, Reutilizar, Reciclar

Da lata de Sustagem vazia, uma pinturinha, uma coladinha, um araminho, uns retalhinhos... e: voilà! Um porta pregadores

quinta-feira, junho 12, 2008

segunda-feira, junho 09, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Estava eu levando a roupa suja pra lavar e uma pequena lagartixa saiu do meio de uma delas. Chamei logo os meninos pra ver. Peguei a bicha com todo cuidado e coloquei em cima da pia. Ela, assustada, correu pra cuba da pia. Na hora que eu ia abrir a torneira, vi que ela não conseguia subir, porque escorregava (acho que ela não adere em inox). Fui com todo o cuidado, tentando colocar ela num papel pra tirar de lá.

"Vai, burrinha! Tou querendo ajudar, não machucar!"

"Ela é filhote, mãe! Cai na real!" (Dani)

sábado, maio 24, 2008

Da Série: TPM

Eu recebi um comentário da Paula. Sempre vou ao blog da pessoa que me visita e dá a honra de comentar. Ok. Daí, vi um post dela sobre furar filas... Lembrei-me de uma vez...

Estava eu, na C&A. Quase hora de buscar pimpolhos na escola, tinha que comprar um presente pra uma festinha naquele dia... Fila grande? Não. Tinha um casal na minha frente. Depois de todas as roupas do casal computada:

Vendedora: Deu tanto ($), senhor. Parcelado ou rotativo?

Cliente: Parcela em 5 vezes. [ Até 5 vezes não cobram juros, é praxe]

Vendedora: Por que o senhor não parcela em 8 vezes, vai ficar tanto ($) por mês...

Cliente: Mas tem juros, né? Eu prefiro em 5, mesmo.

Vendedora insiste: Mas fica uma parcela menor, senhor. E, se o senhor pagar antes do vencimento, eles abatem os juros...

Neste momento, eu olho pro relógio. Não tem outro caixa aberto...

Vendedora: Então, senhor?

Cliente: Ah!, não. Deixa em 5 vezes...

Vendedora: O senhor, então não quer fazer em 3 vezes de tanto ($) e pagar mais rápido?

Nessa hora, euzinha, que tava vendo que ia chegar atrasada...:

"Olha, minha filha. Ele quer pagar em 5 vezes. Pára de insistir. Só tem esse caixa aberto e eu preciso ir buscar criança na escola. Dá?

Outra vendedora, que assistiu meu "piti":

"Senhora, pode pagar nesse caixa..."

Passou minha mercadoria e, na hora de pagar...:

Vendedora: Deu tanto ($), senhora.

Euzinha, entredentes: Ok. Vou parcelar em 3x.

Vendedora: A senhora não gostaria de parcelar em 8x?

Moi, quase voando na jugular dela: Não. Em 3x. Entendeu? (eu falava baixo e devagar... perigosamente tentando me controlar!)

Vendedora, querendo se ver livre de mim: É só assinar. (E devia estar pensando: sua louca!)

Concluindo: Toda vez q eu vou nessas lojas de departamentos (Renner, C&A...) eu me irrito com isso. Parece que eles estão lidando com débeis mentais. Gostaria que alguém mudasse esse método de marketing dessas lojas... Até hoje eu não vi uma pessoa mudar o número de parcelas com esse método e só o que faz é aumentar o tempo do restante dos clientes na fila!

quinta-feira, maio 22, 2008

Cookies


Ingredientes:

200g de manteiga amolecida
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
1 xícara (chá) de açúcar branco
2 ovos
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de fermento em pó
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de farinha de aveia
1 xícara (chá) de chocolate meio amargo ralado
1/2 xícara (chá) de nozes, castanhas, passas ou amêndoas (opcional)

Maneira de Fazer:

Bata a manteiga com os açúcares na batedeira até que vire um creme. Junte os ovos e a baunilha e bata mais um pouco. Depois, vá adicionando aos poucos, os "sólidos". Leve à geladeira a massa e deixe pou 1 a 2 horas. Faça bolinhas e coloque em assadeiras, com espaço entre elas. Não é necessário untar as assadeiras. Leve ao forno já quente por 20 a 30 minutos. Estarão prontos quando as bordas dourarem (mas ainda parecem crus, pois estarão moles). Deixe esfriar na assadeira e depois de frio, coloque em latas.

Ficam melhores no dia seguinte... se sobrar!

segunda-feira, maio 19, 2008

Nada como morar no "campo"!

Essas tangerinas (mexericas, como dizem por aqui) foram tiradas do pé por mim, com a ajuda do Ga. De-li-ci-o-sas!



segunda-feira, maio 12, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Isabelita estava com aqueles horrendos "bichinhos" na cabeça. Comprei um remedinho na farmácia. Chegando em casa...

"Isa, toma esse comprimidinho."

"Pra quê?"

"Pra matar os "bichinhos"..."

"Mãe, o remédio não vai adiantar. Quando eu engolir, ele vai pro estômago, não pro cérebro!"

terça-feira, maio 06, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Na volta da escola, pergunto ao Daniel:

"Filho, teve prova, hoje, né?

"É. Foi fácil. Mas a professora teve que dar uma ajudinha."

"Ah!, é? Ela te ajudou?"

"Não. Ajudou os outros. Tava muito fácil pra mim. Eu sou o melhor aluno da classe!"

Eu pensei: "E modesto!"

domingo, maio 04, 2008

Arroz Doce



Ingredientes: 1 xícara de arroz (tipo 1), 3 xícaras de água, cravo e canela a gosto, 1 pitada de sal, 1,5 xícara de chá de açúcar, 1 litro de leite, 1 vidrinho de leite de coco, 10 colheres de sopa de leite Ninho

Modo de Fazer: Ferva a água. Apague o fogo. Junte o arroz (cru), o cravo e a canela, mexa e deixe repousar por 40 minutos. Ligue o fogo brando e deixe cozinhar. Quando o arroz estiver cozido e seco, junte o leite (reserve mais ou menos uma xícara), o açúcar, o sal e mexa bem. Deixe cozinhando nesse leite, até que comece a engrossar. Mexa vez ou outra. Junte o leite de coco. Dissolva o leite em pó no leite reservado e junte ao arroz. Agora, tem que mexer bem até que volte a ferver. Apague o fogo e bom apetite!

quarta-feira, abril 16, 2008

Da Série: Coisas de Casal

Bem, depois de 10 dias sem postar, por falta de tempo, preguiça e interesses diversos, estou inaugurando uma nova série, coisas de casal, onde se fala da intimidade...

Estávamos no sofá vendo algum filme e lembrei de uma postagem em um blog que tinha visitado. Como achei que maridão ia gostar e ele tava trabalhando no lapistopis, digo:

-Abre uma janela, aí.

-Por quê? Você peidou?

domingo, abril 06, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Daniel: Mãe, é verdade que o salomão é o peixe mais esperto dos mares?

Mãe: Salmão, filho! Salmão!

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Isabel é uma menina especial. Tem muita imaginação. Estávamos nós (eu e "pai") tomando café na cozinha e ela sai para o quintal cheia de brinquedos e bolsas...

Isa: Mãe, se precisar de mim, estou na França.

Mãe: Filha, se quiser ficar vendo TV na casa da vó, tá aberto, viu?

Isa: Eu sei. é a França!

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Daniel estava com um pouco de tosse e chamei pra tomar o "xarope da vovó". Ele veio e tomou, sem fazer manha... Mas com uma careta.

Mãe: Toma um pouco de água pra tirar o gosto.

Dani: Não precisa. Eu agüento. Eu sou macho!

domingo, março 30, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Eu, arrumando o quintal no final do dia. Dani, tagarelando. De repente...

- Mãe, não rima!

- Não rima, o quê?!

- Não rima. O seu casaco e sua saia.

- Não, Dani. A gente fala "não combina"!

segunda-feira, março 24, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Depois que escrevi o post abaixo, lembrei de uma da Isabel:

Isa: Vó, eu não entendo o trabalho do meu pai. Ele fica no escritório o dia todo e sempre chega cansado!

Avó: É, filha?

Isa: É. Eu acho que o pai fica lá, só brincando no computador o dia todo, igual a gente*, e depois diz que tá cansado!

*Pra ela, computador só tem essa função: brincadeira!

sexta-feira, março 21, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Gabriel, meu filho mais velho, anda pensando muito na vida adulta. Ele já tem suas responsabilidades, tarefas domésticas, etc. Já ganha mesada, claro, mas equivalente às tarefas executadas...

Gabriel: Mãe, queria falar uma coisa...

Mãe: Diz, filho.

Gabriel: ... Sabe, descobri uma coisa....

Mãe: ??? Hã???

Gabriel: É que, quando eu crescer, eu vou querer trabalhar com computador, que nem o meu pai...

Mãe: Que bom, filho! Você já tá pensando em trabalho!

Gabriel: É, mãe. É que eu não gosto de colocar a mão na massa, não. Trabalho pesado, sabe?

***Eu mereço!***

sexta-feira, março 14, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Agora há pouco:

Dani: Ah!, assim não dá! Cadê o padre?!
Pai e mãe: ???
Pai: Que padre, Dani?
Dani: O padre do xadrez!
Pai e Mãe: !!!
Pai: Bispo, Dani.

Caímos na risada, né?

quinta-feira, março 13, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Ontem, eu estava passando uns riscos e peguei um lápis do material dos meninos. A Isabel:

Mãe, é o meu lápis? Desculpa, mas ele está desapontado...

quarta-feira, março 05, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Hoje no almoço, Daniel pediu omelete. Ok. Vovó resolveu encrementar e fez um pouquinho diferente. Ele notou:

Dani: O omelete está estranho!
Vovó: É? Por quê? Está ruim?
Dani: Não. Mas o sabor está diferente. Já sei. É da galinha do senhor Antônio*, né?


* Antonio é o vizinho do lado, que de vez em quando nos dá ovos das galinhas q ele cria. O Daniel sempre sempre ouve dizer que ovo de galinha de quintal é diferente e blá blá blá e resolveu sair com essa!

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Ribs

Ingredientes:

- 1 dente de alho picado
- 1/2 cebola picadinha
- 1 colher (sopa) de gengibre ralado
- 2 colheres (sopa) de óleo
- sal e pimenta-do-reino moída a gosto
- 2 kg de costelinha de porco (peça inteira)
- 1 xícara (chá) de goiabada
- 1 xícara (chá) água
- 1/2 xícara (chá) de vinagre branco
- 6 colheres (sopa) de molho inglês
- 2 colheres (chá) de molho de pimenta vermelha
- pimenta caiena e sal a gosto
- suco de 1 limão



Maneira de Fazer:

Numa tigela misture alho picado, cebola picadinha, gengibreralado, óleo, sal e pimenta-do-reino moída a gosto. Passe esta mistura nas costelinhas de porco (peça inteira) ereserve na geladeira por no mínimo 4 horas. Disponha a peça de costelinha temperada numa assadeira, cubra compapel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 250ºC por 1 hora ouaté que a costelinha fique macia.Numa panela em fogo médio coloque goiabada, água, vinagre branco,molho inglês, molho de pimenta vermelha, pimenta caiena e sal agosto. Cozinhe mexendo sempre por +/- 10 minutos. Neste momentoacrescente suco de limão. Desligue o fogo. Retire o papel alumínio das costelinhas e pincele-as com molho de goiabada. Leve para assar por mais 15 minutos, vire-as e pincele novamente.Deixe dourar.

quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Esclarecendo!

O post de ontem não tinha nada a ver com o Ano Novo Chinês (que começa hoje). Foi pela quarta-feira de cinzas, que abre oficialmente o ano novo brasileiro.

Eu só me toquei de noite, quando vi nos noticiários a festa chinesa e dizendo que era o ano do rato por lá. Às vezes as coincidências me assustam: eu postar a foto de um gatinho dormindo no dia do ano do rato...

Bem, pra quem acredita... Feliz Ano Novo.


terça-feira, janeiro 29, 2008

Adoções



Em condições normais, Chiquita devoraria Pitico. Mas Chiquita não é uma gata qualquer, nem Pitico é um bem-te-vi comum. Em vez de uma relação de caça e caçador, os dois vivem um improvável caso de amizade em um pátio do bairro Jardim Planalto, em Porto Alegre.


Quando Pitico caiu do ninho há três anos, tombando no terreno da dona de casa Nair de Souza, a moradora tratou de protegê-lo de Chiquita, temerosa de que o felino fosse abocanhá-lo. A avezinha estava duplamente indefesa. Além de passarinho, alvo dileto dos felinos, o bem-te-vi tinha um problema de nascença: suas asas não se desenvolveram como a de seus irmãos, que na mesma época deixaram o ninho voando. Conseguia apenas dar pulinhos, recurso ineficiente em caso de um ataque de Chiquita. Para surpresa de Nair, Chiquita e Pitico tornaram-se amigos desde o início. Inclusive passaram a comer no mesmo prato - o pássaro até virou carnívoro por causa de sua amiga.


Os dois dormem no sofá da sala, trocam carícias e brincam no pátio. A gata, porém, não perdeu o apetite por pássaros e usa seu companheiro de isca para abocanhar pardais. O único momento do dia em que Chiquita se separa de seu amigo é quando Pitico vai tomar seu banho em uma bacia improvisada, mas mesmo assim a gata não tira os olhos de seu companheiro bem-te-vi.




O instinto maternal de uma cadela da raça rottweiler surpreendeu até o dono, em Rio Claro. Ela adotou um filhote de gato, tradicionalmente considerado um inimigo dos cães.
"É uma demonstração de amor e carinho. Tanta gente abandonando o filho e uma cachorra cuidando de um animal que nem é da espécie dela", diz o funcionário público Rhander Seneme, dono dos animais.
Ele conta que ganhou a gata e até ficou com medo que Dara, a cachorra, a matasse. "Para nossa surpresa, no segundo dia que a gatinha estava aqui, a Dara pegou ela dentro de casa, num descuido meu, e a levou para a casa dela".
Dara está até amamentando a gata, em sua gravidez psicológica. "Ninguém mais cuida da gatinha. Agora só a Dara cuida da filha dela", diz Seneme.
daqui