sábado, novembro 05, 2011

Da Série: Criança Diz Cada Uma...!

Mais uma do Daniel:

Dani: Olha o que eu fiz com o Lego, mãe! Um ladrão na prisão. Aqui é a porta, pra quando ele for solto... Aqui é a janelinha, viu? Pra o policial ver se ele tá lá dentro.

Mãe: Mas ele tá sorrindo?!

Dani: É. Ele é... Como se diz?...
(A mãe, aqui, pensando: palhaço? bobo? idiota?...)
Dani: PSICOPATA!

Tô vendo muito CSI!!!

domingo, junho 05, 2011

Da Série: Criança Diz Cada Uma...

Essa foi hoje de manhã.

Daniel, muito bravo: "Olha o que eu achei no quarto da Bel! O meu gibi! Ela pegou sem pedir!"
A mãe, aqui, tenta apaziguar: "Ah, deixa pra lá, Dani. Até parece que você nunca pegou nada sem pedir..."
Ele retruca: "Mas a Isa sempre reclama! E eu não faço mais!"
"Se eu me esforçar, lembro de umas dez coisas, fácil."
"Me esforçar e fácil, na mesma frase???!!!"

Não consegui nem disfarçar. Caí na risada.

quarta-feira, março 09, 2011

Da série: masculinidades

Maridão queria o número de telefone da mãe dele. Eu disse pra pegar na bolsa vermelha que tava em cima da mesa. Ele rodou, rodou... Eu levanto do sofá e vou direto na bolsa vermelha. Pego o celular e entrego pra ele. Ele levanta a bolsinha super, maravilhosa que ele me deu, da Victoria Secrets.

Eu: isso não é vermelho, é pink.
Ele: tem carro dessa cor?
Eu: Vai pro blog!

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Da série: Criança diz cada uma...

Gabriel não é mais tãaao criança assim, mas ainda diz algumas:

#1 O "bode expiatório"
- Irmã do meio (isa) é assim, mesmo: bode exploratório. Todo mundo explora!

#2 Arcaico X Coloquial
- O exercício pedia o português coloquial do século XV...
- É, Ga? Como seria??? Então, "mano". gostarias tu de tomar uma limonada "da hora" com a minha pessoa? O pai não perdoa!

Da série: Criança diz cada uma...

Precisava ligar um aparelho na tomada. Só que o "plug" era americano...

Isa, me lembra de pedir ao seu pai um adaptador quando ele chegar...
Ah, mãe. Eu tenho aquela coisa com nome de cientista...
???? Que coisa, Isa?
Darwin? Não. Thomas? Não...
Benjamin?!
Isso! Benjamin Franklin!

segunda-feira, janeiro 03, 2011

Da série: Criança diz cada uma...

A primeira do ano:

Estávamos na cozinha, tomando café para ir para a igreja. "Vó" entra, já arrumada para sair...

Dani: Aê! Tá parecendo a Dilma!*

(A presidente!)

Os Cogumelos...

Shiitaki
Neste último fim-de-semana ganhei do meu paciente preferido, uma bandeja de shiitakis que ele cultiva no sítio da família. Me senti lisonjeada. Lembrei dessa receita, que vi aqui.

SHITAKE MÁGICO
Para 4 pessoas normais ou
2 alucinadas (me incluo nesta categoria)




400g de shitake fresco
2 colheres (sopa) de manteiga
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de salsinha picada
1 colher (sopa) de gengibre fresco ralado
algumas gotas de molho de pimenta vermelha
shoyu
azeite
pimenta-do-reino (opcional)

Deixe a manteiga ficar bem molinha antes de começar a preparar. Pique muito finamente os dentes de alho e faça uma pasta misturando-os com a manteiga, a salsinha, o gengibre e o molho de pimenta.

Limpe os shitakes com uma escovinha macia ou um pano limpo levemente umedecido. Não lave em água corrente, porque os shitakes são como esponjas e podem ficar moles e encharcados. Se preferir, corte os cabinhos dos maiores, porque são mais duros. Eu deixo inteiros mesmo.

Forre uma fôrma com papel alumínio, de modo que sobre papel dos lados para fechar como se fosse um envelope. Ajeite os cogumelos virados com os cabinhos para cima. Pingue gotas de shoyu neles, mas cuidado com o exagero - shitakes são sensíveis a sal e excesso de temperos. Ponha pelotinhas da pasta de manteiga sobre os shitakes. Salpique um pouco (pouco mesmo) de pimenta-do-reino, se quiser. Por fim, regue tudo com um fio de azeite. Feche o papel alumínio como um envelope.

Leve ao forno médio preaquecido por cerca de 10 minutos ou até os shitakes estarem macios. É rapidinho. Para acompanhar, eu servi com espaguete com bacon, cebola e um bocadinho de creme de leite. Mas também pode ser um bom acompanhamento para carnes, para risoto, ou para nada também, porque puro é ÓTIMO!

Molho de Shiitaki para massas

Ingredientes: 4 bandejas de shiitaki, 4 colheres de sopa de manteiga, 1/2 maço de salsinha picada, 2 colheres de sopa de gengibre ralado, 1/2 cabeça de alho beeeem amassadinho, 1/2 xícara de chá de shoyu, azeite a gosto, 3 caixinhas de creme de leite.
Maneira de Fazer: num pirex, coloque a manteiga em temperatura ambiente, junte a salsinha, o gengibre e o alho. Faça uma pasta. Junte o shiitaki já cortadinho em cubinhos. Misture bem. Regue com o shoyu e o azeite. Leve ao microondas, mexendo a cada 2 minutos. Quando isso tudo tiver virado um bom molho (shiitakis murchinhos, caldo e coisa e tal) (leva mais ou menos 10 minutos) junte o creme de leite, misture muito bem e volte ao microondas para aquecer bem (não se preocupe, o creme de leite de caixinha não "talha", como o de lata.
Bem, a essa altura, a massa já deve estar cozida "al dente" e escorrida. Aqueça um pouco de manteiga e azeite na panela e "jogue" a massa, misturando bem, para "envolvê-la" no azeite/manteiga. Disponha numa travessa e sirva. O molho deve ser servido à parte, assim, cada convidado se serve da quantidade que desejar.

domingo, agosto 22, 2010

Da série: Criança diz cada uma...

Carioca morando em São Paulo. Bem verdade que interior (que um campineiro não leia isso, mas...). Ainda assim, SP.

Ontem, tomando refri e comendo belisquetes enquanto víamos TV.

Daniel: Pai, passa o bixxxcoito.
Pai & Mãe: ?????
Dani:  O bixxxcoito de colocar o copo em cima...
Pai & Mãe: KKKKKKKKKKKKKKKKK
Pai: Isso é bolacha, mesmo, filho! Mor, essa VAI pro blog

terça-feira, julho 20, 2010

ALUNOS INTELIGENTES


Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Purê de batata, senhor professor!
(faz sentido!)

Professor: Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno: Eu caminho... tu caminhas... ele caminha...
Professor: Mais depressa!
Aluno: Nós corremos, vós correis, eles correm!
(e não é verdade?)
Professor: "Chovia" que tempo é?
Aluno: É tempo feio, horroroso, senhor professor.
(alguma dúvida?)
Professor: Quantos corações nós temos?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois?!
Aluno: Sim, o meu e o seu!
(a lógica explica; certinho!)
Dois alunos, muito amigos, chegam tarde à escola e justificam-se:
- O 1º Aluno diz: Acordei tarde, senhor professor!
Sonhei que fui à Polinésia e a viagem demorou muito.
- O 2º Aluno diz: E eu fui esperá-lo no aeroporto!
(fisicaquanticament e falando quem discute? está certo!)
Professor: Pode dizer o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas.
(me diga onde ele errou?)
Aluno de Direito fazendo um exame oral. A pergunta: O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. Professor está fazendo.
O Professor (muito indignado): Ora essa, explique-se. ..
Diz o aluno: Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!
(e então... na lógica...)
Professora: Maria, aponte no mapa onde fica a América do Norte.
Maria: Aqui está.
Professora: Correto. Agora turma, quem descobriu a América?
Turma: A Maria.
(uauuuuu!!!)
Professora: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
Bruno: Professora.
(essa doeu!)
Professora: Joãozinho, me diga sinceramente: você ora antes de cada refeição?
Joãozinho: Não professora; não preciso... A minha mãe é uma excelente cozinheira.
(sempre ele!)
Professora: Joãozinho, em que tempo verbal está seguinte frase: "Isto não era para ter acontecido"
Joãozinho: Preservativo imperfeito.
(de novo ele!)

Professora: Artur, tua redação "O Meu Cão" é exatamente igual à do teu irmão. Você copiou?
Artur: Não, professora. O cão é que é o mesmo.
(a melhor de todas!!!)

quinta-feira, julho 15, 2010

Aniversário de casamento

 Hoje, comemoramos 16 anos de casados, Ale e eu. Resolvi goglear pra saber o que comemoramos... Ale, querido, você tá me devendo um anel de Safira :-)

01º - Bodas de Papel
02º - Bodas de Algodão
03º - Bodas de Couro ou Trigo
04º - Bodas de Flores, Frutas ou Cera
05º - Bodas de Madeira ou Ferro
06º - Bodas de Açúcar ou Perfume
07º - Bodas de Latão ou Lã
08º - Bodas de Barro ou Papoula
09º - Bodas de Cerâmica ou Vime
10º - Bodas de Estanho ou Zinco
11º - Bodas de Aço
12º - Bodas de Seda ou Ônix
13º - Bodas de Linho ou Renda
14º - Bodas de Marfim
15º - Bodas de Cristal
16º - Bodas de Safira ou Turmalina
17º - Bodas de Rosa
18º - Bodas de Turquesa
19º - Bodas de Cretone ou Água Marinha
20º - Bodas de Porcelana
21º - Bodas de Zircão
22º - Bodas de Louça
23º - Bodas de Palha
24º - Bodas de Opala
25º - Bodas de Prata
26º - Bodas de Alexandrita
27º - Bodas de Crisoprásio
28º - Bodas de Hematita
29º - Bodas de Erva
30º - Bodas de Pérola
31º - Bodas de Nácar
32º - Bodas de Pinho
33º - Bodas de Crizopala
34º - Bodas de Oliveira
35º - Bodas de Coral
36º - Bodas de Cedro
37º - Bodas de Aventurina
38º - Bodas de Carvalho
39º - Bodas de Mármore
40º - Bodas de Esmeralda
41º - Bodas de Seda
42º - Bodas de Prata dourada
43º - Bodas de Azeviche
44º - Bodas de Carbonato
45º - Bodas de Rubi
46º - Bodas de Alabastro
47º - Bodas de Jaspe
48º - Bodas de Granito
49º - Bodas de Heliotrópio
50º - Bodas de Ouro
51º - Bodas de Bronze
52º - Bodas de Argila
53º - Bodas de Antimônio
54º - Bodas de Níquel
55º - Bodas de Ametista
56º - Bodas de Malaquita
57º - Bodas de Lápis-lazúli
58º - Bodas de Vidro
59º - Bodas de Cereja
60º - Bodas de Diamante
61º - Bodas de Cobre
62º - Bodas de Telurita
63º - Bodas de Sândalo
aliança com brilhante - compare preço de anéis
64º - Bodas de Fabulita
65º - Bodas de Platina
66º - Bodas de Ébano
67º - Bodas de Neve
68º - Bodas de Chumbo
69º - Bodas de Mercúrio
70º - Bodas de Vinho
71º - Bodas de Zinco
72º - Bodas de Aveia
73º - Bodas de Manjerona
74º - Bodas de Macieira
75º - Bodas de Brilhante ou Alabastro
76º - Bodas de Cipestre
77º - Bodas de Alfazema
78º - Bodas de Benjoim
79º - Bodas de Café
80º - Bodas de Nogueira ou Carvalho
81º - Bodas de Cacau
82º - Bodas de Cravo
83º - Bodas de Begônia
84º - Bodas de Crisântemo
85º - Bodas de Girassol
86º - Bodas de Hortênsia
87º - Bodas de Nogueira
88º - Bodas de Pêra
89º - Bodas de Figueira
90º - Bodas de Álamo
91º - Bodas de Pinheiro
92º - Bodas de Salgueiro
93º - Bodas de Imbuia
94º - Bodas de Palmeira
95º - Bodas de Sândalo
96º - Bodas de Oliveira
97º - Bodas de Abeto
98º - Bodas de Pinheiro
99º - Bodas de Salgueiro
100º - Bodas de Jequitibá

 
O próximo ??? Ora, use a imaginação !!!
Vale a pena comemorar! Não achas? Então faça acontecer, faça valer a pena!

Fontes
Wikipédia, a enciclopédia livre. Consultado em Março/2007. Endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Bodas
Brasil Cultura. Consultado em Março/2007. Endereço: http://www.brasilcultura.com.br
Rudy Eres. Dale a tu boda la musica que se merece. Consultado em Março/2007.
http://www.bodas.com/article.php?story=20070316150228367

Guias Historia e Curiosidades do Diamante / Historia e Curiosidades sobre o Ouro. Citado no site Aceito.com (não está mais no ar). http://www.aceito.com.br

segunda-feira, junho 28, 2010

Da série: Nham-nham

Biscoitinho de coco
500g de amido de milho
1 xícara de açúcar
200g de margarina ou manteiga em temperatura ambiente
100g de coco em pó (2 pacotinhos - La Violetera)
2 ovos ligeiramente batidos
 
Maneira de fazer:
junte todos os ingredientes e vá amassando com as mãos até formar uma bola. Faça pequenas bolinhas disponha em um tabuleiro, não untado. Leve ao forno pré aquecido. Os biscoitinhos estarão prontos quando a parte debeixo deles (em contato c/ a assadeira) estiver moreninho. Deixe esfriar completamente e acondicione em latas ou em vidros.
 
Aqui em casa faz o maior sucesso!

Da série: Criança diz cada uma...

Ontem, no "Maratoma", do Faustão:

Pai: Nossa, que vaca! (Em relação ao tombo de uma concorrente)
Dani: Vaca?! Onde???
***

Hoje, antes do Jogo Brasil x Chile:

Pai: Ramires joga hoje? Que bom. Ele tá cheio de gás.
Dani: Pra arrotar???

terça-feira, junho 22, 2010

Em tempos de copa...

Em Portugal, um brasileiro liga para um hotel e pergunta:

— Por favor, qual o preço de uma diária?

— Depende do tamanho do quarto, do número de pessoas, etc - diz o portuga.

— E os senhores aceitam crianças?

— Não senhor, apenas cheque ou cartão de crédito...

terça-feira, março 16, 2010

Mais uma do LFV

DUAS AMIGAS AO TELEFONE:

- Oi, me conta como foi o encontro de ontem à noite.
- Horrível, não sei o que aconteceu...
- Mas por quê? Não te deu nem um beijo?
- Sim. Beijar, me beijou. Mas me beijou tão forte que meu dente postiço da frente caiu e as lentes de contato verdes saltaram dos meus olhos....

- Não me diga que terminou por aí.
- Não, claro. Depois pegou no meu rosto entre suas mãos, até que tive que pedir que não o fizesse mais, porque estava achatando o botox e me mordia o lábio como se fossem de plástico... Ia explodir o meu implante de colágeno e quase sai o mega hair!!!

- E... Não tentou mais nada?
- Sim começou a acariciar minhas pernas e eu o detive, porque lembrei que não tive tempo de me depilar. E além do mais, me arrebatou com uma luxúria e estava me abraçando tão forte que quase ficou com minhas próteses da bunda em suas mãos e estourou meu silicone do peito....

- E depois, que aconteceu?
- Aí então, começou a tomar champanhe em meu sapato...

- Que romântico...!!!

- Romântico o cacete! Ele quase morreu!!!

-Ai, não!!!! E por quê?
- Engoliu meu corretor de joanete com a palmilha do salto..

- Nossa, que ele fez depois?
- Você acredita que ele broxou e foi embora?
- Acho que ele é viado.
- Só pode!

Luiz Fernando Veríssimo

segunda-feira, fevereiro 22, 2010

Minerim

Quem for mineiro leia, quem não for tente:

Sapassado, era sessetembro, taveu na cuzinha tomano uma pincumel e cuzinhano um kidicarne com mastumate pra fazê uma macarronada com galinhassada.

Quascaí de susto quando ouvi um barui vino de dendo forno pareceno um tidi guerra. A receita mandô pô midipipoca denda galinha prássá.

O forno isquentô, i ucú da galinha isprudiu!

Nossinhora! fiquei branqui nem um li di leiti.

Foi um trem doidi mais.

Quascai dendapia! Fiquei sensabê doncovim, oncotô, poncovô.

Oi procê. Qui locura!

Grazadeus ninguém maxucô

Amizade

Bem, meu povo. Há muito não apareço. Muito trabalho... GRAÇAS A DEUS! Recebi esta pelo Orkut:
Amizade
Diz uma lenda árabe, que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem discutiram, sendo um deles esbofeteado, ofendido e sem nada a dizer, escreveu na areia.
Hoje meu melhor amigo me bateu no rosto.
Seguiram e chegaram a um oásis onde resolveram tomar banho, o que havia sido esbofeteado começou a se afogar, sendo salvo pelo amigo, ao se recuperar, pegou um estilete e gravou em uma pedra.
Hoje meu melhor amigo salvou-me a vida.
Intrigado, o amigo perguntou:
-Por que depois que te bati, você escreveu na areia, e agora escreveu na pedra?
Sorrindo, o outro amigo respondeu:
-Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever na areia, onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregarão de apagar, mas quando nos faz algo grandioso, devemos gravar na pedra da memória e do coração, onde vento nenhum do mundo, tem poder de apagar.

quarta-feira, novembro 11, 2009

Eu, no Elo7

Meu povo, acabei de criar coragem e abrir uma lojinha (tímida, recatada) no Elo 7. A partir de hoje, quem quiser fazer encomenda, é só entrar lá!

quinta-feira, outubro 22, 2009

Natureza


Essa orquídea ganhei há uns dois anos de uma amiga querida. É a primeira florada depois que a coloquei na mangueira!

quinta-feira, outubro 01, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma

-Mãe, sabe quando fica cheio de abelhas, abelhário? Blá, blá, blá...

***Desse momento em diante, fiquei pensando o que seria "abelhário"...***

-Apiário, Dani. Se diz apiário, não abelhário!
- Não, mãe. Se diz, enxame!

domingo, setembro 27, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Essa não tem nem dez minutos:

Dani pede pra comer cubinhos de doce de leite...

- Quantos?
- Dois.
***
- Pára de lamber isso, menino. Olha a porcaria!
- Ah, mãe! Tô valorizando!

quarta-feira, setembro 23, 2009

Exigências da vida moderna (quem agüenta tudo isso???)

Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C.

Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água.
E depois uriná-los, o que consome o dobro do tempo.
Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão).

Cada dia uma Aspirina, previne infarto.
Uma taça de vinho tinto também.
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso.
Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem.
O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver
um derrame, nem vai perceber.........

Todos os dias deve-se comer fibra.
Muita, muitíssima fibra.
Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente.
E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada.
Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia... UFA !!!

E não esqueça de escovar os dentes depois de comer...
Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da
laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental,
massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax.
Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um
equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai
passar ali várias horas por dia. CAGANDO NÉ !!!

Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia,
mais as cinco comendo são vinte e uma.
Sobram três, desde que você não pegue trânsito. TÁ DIFICILLLLL

As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia.
Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar,
ou a meia hora vira uma).

E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser
regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar das minhas
amizades quando eu estiver viajando.

Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia
para comparar as informações.

Ah! E o sexo!!!!
Todos os dias
, um dia sim, o outro também, tomando o cuidado de não se
cair na rotina.

Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução.

Dizer EU TE AMO,

toda hora, ''ainda pego quem inventou essa neura...que saco!!!''

isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.

Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e
espero que você não tenha um bichinho de estimação. se tiver tem que
brincar com ele, pelo menos meia hora todo dia, para ele não ficar
deprimido....

Na minha conta são 29 horas por dia...

A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo
tempo!!!

Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os
dentes ao mesmo tempo.

Chame os amigos e seus pais, seu amor, o sogro, a sogra, os cunhados...
Beba o vinho, coma a maçã e dê a banana na boca da sua mulher. Não esqueça do EU TE AMO, (Vou achar logo quem inventou isso, me aguarde).

Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se
sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.

Agora voce tá ferrado mesmo é se tiver criança pequena, ai lascou de vez,
porque o tempo que ia sobrar para voce...meu já era. Criança ocupa um
tempo danado.

Agora tenho que ir.

É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro e correndo.

E já que vou, levo um jornal.....

Tchau....

Se sobrar um tempinho, me manda um e-mail.

Luís Fernando Veríssimo

sexta-feira, agosto 14, 2009

quinta-feira, julho 30, 2009

Carta aberta, de Eliane Sinhasique, para Renato Aragão, o Didi.

Quinta, 23 de maio de 2009.


Querido Didi,

Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu Nome para colar nas correspondências)...
Achei que as cartas não deveriam sem endereçadas a mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido as suas solicitações. Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e te escrever uma resposta.
Não foi por 'algum' motivo que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos). Você diz, em sua última Carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação.
Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Esse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não. Eu não sou ministra da educação, não ordeno e nem priorizo as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula. A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da minha família. Trabalhei muito e, te garanto, trabalho não Mata ninguém. Muito pelo contrário, faz bem! Estudei na escola da zona rural, fiz Supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma micro empresária.

Didi, talvez você não tenha noção do quanto o Governo Federal tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa. Os impostos são muito altos! Sem falar dos Impostos embutidos em cada alimento, em cada produto ou serviço que preciso comprar para o sustento e sobrevivência da minha família.
Eu já pago pela educação duas vezes: pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente, porque a escola pública não atende com o ensino de qualidade que, acredito, meus dois filhos merecem. Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da educação e de tantos outros problemas sociais.
O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores, dessa dinheirama toda, não têm a educação como prioridade. Pois a educação tira a subserviência e esse fato, por si só não interessa aos políticos no poder. Por isso, o dinheiro está saindo pelo ralo, estão jogando fora, ou aplicando muito mal. Para você ter uma idéia, na minha cidade, cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 3,82 (três reais e oitenta e dois centavos) enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos)! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda? Você pode ajudar a mudar isso! Não acha?
Você diz em sua Carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você. É por isso que sua Carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria se endereçada ao Presidente da República. Ele é 'o cara'. Ele tem a chave do Cofre e a vontade política para aplicar os recursos. Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que ele faça o que for necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas do país, sem nenhum tipo de distinção ou discriminação. Mas, infelizmente, não é o que acontece...
No último parágrafo da sua Carta, mais uma vez, você joga a responsabilidade para cima de mim dizendo que as crianças precisam da 'minha' doação, que a 'minha' doação faz toda a diferença.... Lamento discordar de você Didi. Com o valor da doação mínima, de R$ 15,00, eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês ou posso comprar pão para o café da manhã por 10 dias..
Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas R$ 15,00 eu não vou doar. Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho. Isso significa que o governo leva mais de um terço de tudo que eu recebo e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família.
Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer não para quase tudo que meus filhos querem ou precisam? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo? Acredito que não. Você é um homem de bom senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira.
Outra coisa Didi, mande uma Carta para o Presidente pedindo para ele selecionar melhor os ministros e professores das escolas públicas. Só escolher quem, de fato, tem vocação para ser ministro e para o ensino. Melhorar os salários, desses profissionais, também funciona para que eles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação. Peça para ele, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam além de ler, escrever e fazer contas possa desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso tem sim! Diga para ele priorizar a educação e utilizar melhor os recursos.

Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando... Eliane Sinhasique - Mantenedora Principal dos Dois Filhos que Pari.
P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal-educada: vou rasgá-la antes de abrir..
PS2* Aos otários que doaram para o criança esperança. Fiquem sabendo, as organizações Globo entregam todo o dinheiro arrecadado à UNICEF e recebem um recibo do valor para dedução do seu imposto de renda. Para vocês a Rede Globo anuncia: essa doação não poderá ser deduzida do seu imposto de renda, porque é ela quem o faz.
PS3* E O DINHEIRO DA CPMF QUE PAGAMOS DURANTE 11(ONZE) ANOS?
MELHOROU ALGUMA COISA NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE DURANTE ESSES ANOS?
BRASILEIROS PATRIOTAS (e feitos de idiotas) DIVULGUEM ESSA REVOLTA....
isto deveria chegar em Brasilia.

Recebi e resolvi colocar aqui

sexta-feira, julho 03, 2009

Veja como seria se a estória da Chapeuzinho Vermelho fosse contada por cada órgão da nossa imprensa:

JORNAL NACIONAL:

(William Bonner): Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem

(Fátima Bernardes): Mas a atuação de um caçador evitou uma tragédia.

PROGRAMA DA HEBE:

- Que gracinha, gente.
- Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo?

SUPERPOP:

(Luciana Gimenez):
- Gente, incrível!
- Vocês viram a história da menina que foi retirada da barriga de um
pombo? Incrível, eu não consigo acreditar!

CIDADE ALERTA:

(Datena):
- Onde é que a gente vai parar? ? Cadê as autoridades? Cadê as autoridades? A menina ia para a casa da avozinha a pé! Ou seja, não tem transporte público!? Não tem transporte público! E foi devorada viva?! Um lobo, um lobo safado. Põe na tela! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo não.

GLOBO REPÓRTER:
(Na primeira sexta-feira logo após o acontecido)

(Sérgio Chapelin):
- A natureza feroz. Uma batalha selvagem. Os animais que atacam pessoas. Será possível domar estas criaturas? Nesta edição do Globo Repórter você vai conhecer os animais que se alimentam de carne humana. E mais: como evitar os seus ataques; que atitude tomar se você estiver cercado por feras; e a incrível história da garota salva da barriga de um lobo por um lenhador?

REVISTA VEJA:

Lula sabia das intenções do lobo.

REVISTA CLÁUDIA:

Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho.

REVISTA MEN´S HEALTH:

Vinte exercícios para ter um bíceps de lenhador! 10 dias para perder a barriga!

REVISTA NOVA:

Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama.

FOLHA DE S. PAULO:

Legenda da foto: Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador.


Na matéria, box com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Chapeuzinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.

O ESTADO DE S. PAULO:

Lobo que devorou Chapeuzinho seria filiado ao PT.

O GLOBO:

Petrobrás apóia ONG do lenhador ligado ao PT que matou um lobo pra salvar menor de idade carente.

ZERO HORA:

Avó de Chapeuzinho nasceu no RS?

AQUI:

Sangue e tragédia na casa da vovó.

REVISTA CARAS:
(Ensaio fotográfico com Chapeuzinho na semana seguinte)

Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS:
- Até ser devorada, eu não dava valor para muitas coisas da vida. Hoje sou outra pessoa..

PLAYBOY:
(Ensaio fotográfico no mês seguinte)

Veja o que só o lobo viu.

REVISTA ISTO É:

Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente.

REVISTA ÉPOCA:

Herói nacional ? A história do lenhador que salvou uma menina da barriga de um lobo raivoso.

REVISTA CAROS AMIGOS:

Entrevista bombástica: Lobos estão sendo vítimas de preconceito em todo o país.

REVISTA CONTIGO:

Chapeuzinho pode ser estrela da Globo em próxima novela das 6.

G MAGAZINE:
(Ensaio fotográfico com lenhador)

Lenhador mostra o machado.

SUPER INTERESSANTE:

Lobo mau! Mito ou verdade?

DISCOVERY CHANNEL:

Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver.

ROLLING STONE:
Lobo Mau ? A ascensão e a queda do cão pop.

quarta-feira, julho 01, 2009

The Voca People

Há muito não entro aqui. Recebi este vídeo e quero compartilhar!

Impressionante. Vale a pena ser visto. Beijos, meninos

sexta-feira, maio 15, 2009

Adivinhe o nome dos Filmes...

Recebi por e-mail. "tinha" que compartilhar!

Obs. Para ver o nome do filme clique no primeiro apóstrofo (esquerda), segure e arraste para a direita.

Numa cidade haviam muitas motos Yamaha e só duas Honda.
Qual o nome do filme?

'Poca Hondas'


O filho e o pai se despediram rapidamente.
Qual o nome do filme?

'Tchau Pai, Tchau Filho'

Uma moça usava um grampo que começou a enferrujar.
Ela então pediu a uma costureira que o forrasse.
Qual o nome do filme?

'Forre este Grampo' (quanta imaginação!)

Um menininho tinha um gatinho chamado Tido, que toda noite dormia num
Cestinho.
Um belo dia, o menininho foi procura-lo e não o achou.
Qual o nome do filme?

'O Cesto sem Tido' (rsrs)



Um homem aceitou um desafio de beber 1.000 latinhas de Coca-Cola de uma
Vez, ele tomou 999 latas e não agüentava mais.
Qual o nome do filme?


'Mil São Impossível' (rsrs)



Um anão tinha o lábio inferior muito grande. Quando ele andava, seu lábio
balançava de um lado para o outro.
Qual o nome do filme?

'Anão que balança o beiço'



Era uma vez a pequena Marina que, para fugir da rotina da fazenda,
Resolveu pegar seu lindo pônei e ir passear nos campos silvestres.
De repente, apareceu uma terrível manada de milhares de éguas em disparada
E atropelou a menininha.
Qual o nome do filme?

'Vinte mil éguas sobre Marina' (rsrs)



O sujeito vai à feira e sai com uma alface escondida na sacola.
Qual o nome do filme?

'Alface Oculta'



Num lugar onde só existiam pizzas, as de aliche foram expulsas pelas de
Ervilha.
Qual o nome do filme?

'Aliche no país das más ervilhas'



Um chiclete conheceu uma chicletinha, se casaram e tiveram vários
Chicletinhos.
Qual o nome do filme?

'A Família Adams' (boa! Rs)


Um casal de piolhos se amavam muito e tiveram diversos filhotes.
Qual e o nome do filme ?

'Lêndeas da Paixão' (sem comentários...)


Robin vivia enchendo o saco de seu irmão caçula. Até que este contou tudo
Para a sua mãe.
Qual e o nome do filme ?

'Bate, mãe, em Robin'


Um homem e uma mulher, ambos sem os dois braços, decidiram casar, e algum
Tempo depois tiveram filho.
Qual e o nome do filme ?

'Ninguém segura este bebê' (que maldade! Rs)


Um cara comeu um quilo de alho e depois escovou os dentes.
Qual e o nome do filme ?

'Mudança de hálito' (péssima! Rs)


Para comprar uma bola, um homem teve que escolher entre a vermelha e a
Azul. Ele escolheu a vermelha.
Qual e o nome do filme ?

'Largou a Azul'



Um homem tinha como profissão cuidar de ursos. Certo dia ele largou a
profissão.
Qual o nome do filme ?

'O ex-ursista' ( esse foi o melhor! Rs)

Numa festa de aniversario um menino insistiu com o pai para que pegasse
Uma bexiga para ele estourar. Qual o nome do filme ?


'Tó, estore!' (boa! Rs)

A Ana Maria Braga chamou a Hebe de perua.
Qual o nome do filme?

'Olha quem está falando!' ( boa! Rs)


Bom findi pra todos!

terça-feira, abril 21, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma


Sexta feira passada:

Dani: Mãe, compra Gogos?
Mãe: Vamos na banca da Panetteria (uma grande confeitaria daqui de perto)
Dani: ok.
***
Quando estamos chegando perto da banca:
***
Dani: Ah! Estou conhecendo o lugar... Agora sei o que é Panetteria. Fica perto da outra casa (nós morávamos na rua de trás)
Mãe: Ué! Por que não perguntou? Eu explicava...
Dani: Bons Tempos! A gente comia picolé lá sempre!

sexta-feira, março 27, 2009

Apertada de Costura!


Só pra dizer que estou viva! Esse é o novo membro da família do Vale, o sapo Clô (obviamente uma homenagem a Clodovil)
Beijo a toda(o)s
Posted by Picasa

terça-feira, março 03, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Ontem, após a primeira aula de Taekwon-Do da Isabel:

Mãe, o meu professor é perueiro!

Peruano, Isa. Peruano!

segunda-feira, fevereiro 16, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Ontem, no carro:

Isabel: Olha! Uma plantação de arroz!
Pai: Não, filha. É milho. Arroz se planta num charco, lamaçal.
Isabel: charcaçal?!

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Daniel anda a mil.

Anteontem:

Tomando sorvete, começou a pigarrear. Pai, preocupado:

- Dani. O que houve? A garganta doeu por causa do picolé?
- Não. Eu faço assim pra não ficar com voz de mulherzinha. Eu sou HOMEM!

Ontem:

Na televisão, anunciava o CD da minissérie Maysa. Isabel adora, porque gostou das músicas do programa, e exclama:

- Maysa! Que legal!
- É. Você não sabe quem é Maysa?!
- Claro que sei, Dani. E você, sabe?
- Maysa foi uma mulher que se apaixonou e não gostou!

***Vai entender!***

segunda-feira, dezembro 22, 2008

quinta-feira, dezembro 18, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Dani: Vó, você é mãe da minha mãe, né?
Vó: Sim. E?...
Dani: Se você mandar, ela tem que te obedecer, né?
Vó: É.
Dani: Manda minha mãe comprar abacaxi pra fazer xarope pra mim, que eu tô com muita tosse?

***Eu Mereço!***
Xarope de Abacaxi
Ingredientes:
1/2 abacaxi, cortadinho
1 xícara (chá) de mel de abelhas
1/2 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água
folhas de guaco, limoeiro e mangueira (bem novinhas)
1 pitada de sal
Maneira de Fazer:
Faça uma calda com o açucar e a água (como para pudim). Acrescente o abacaxi e o mel. Misture. Acrescente as folhinhas e o sal. Deixe ferver uns 15 a 20 minutos. Deixe que esfrie, coe. Conserve em vidro na geladeira.
Em crises de tosse dê às colheiradas, entre 3 a 4x/dia

sexta-feira, dezembro 05, 2008

COMO AJUDAR O VALE A SE REERGUER NO MÉDIO PRAZO?

A tragédia que atingiu a população do Vale do Itajaí tem despertado a solidariedade de todo o país.
Emergencialmente, toda forma de ajuda é necessária; sejam doações em dinheiro, alimentos ou quaisquer donativos.
Entretanto, em breve elas cessarão e temos que começar a pensar em como reerguer a cidade após o período de comoção nacional.
Aos muitos amigos de outras cidades e estados que me perguntam qual a melhor forma de ajudar Blumenau e região, tenho respondido: consumam produtos fabricados em nossa região. Enterrados os mortos, temos que cuidar dos vivos.
A economia do vale foi atingida de forma duríssima e os prejuízos certamente serão agravados pelo desemprego e a pobreza vindouras nos próximos meses. A solução é fazer a economia girar, para que as empresas mantenham os empregos e cada um possa reconstruir sua vida a partir de seu próprio trabalho. Sugiro aos meus amigos: comprem roupas da Hering, cervejas da Eisenbahn, fraldas da Cremer, camisas da Dudalina, condimentos da Hemmer, toalhas da Teka, Karsten, Artex, refrigerantes Thon e tantos outros produtos ligados à nossa região.
Como sugestão às redes de varejo, coloquem gôndolas específicas com todos os produtos do vale e com a seguinte chamada: "ajude a manter os empregos no Vale do Itajaí: compre produtos da região". Tenho certeza que o potencial de auxílio dessa campanha seria muito maior que as doações, pois todo o Brasil, ao experimentar nossos produtos, pode até tornar-se cliente cativo ante a reconhecida qualidade.
Aos governos e associações comerciais e industriais locais, caberia iniciar uma campanha de marketing incentivando o consumo de produtos locais, ou ainda um selo tipo "Prata da Casa!" para identificar os produtos locais.
No mínimo nós, moradores da região, temos a obrigação de, ao consumir, dar prioridade a produtos que ajudem a movimentar a economia catarinense.
Se cada um fizer sua parte, logo veremos o renascimento da economia local através da principal característica deste povo: o trabalho sério.

Caio Alexandre Wolff,
Advogado blumenauense

quarta-feira, novembro 26, 2008

Da Série: Coisas da Roça


Não sei o nome dele, mas ele andou visitando meu quintal. Consegui tirar umas fotos boas. Ele é muito dócil
Posted by Picasa

terça-feira, novembro 25, 2008

Da Série: Criança Diz Cada Uma

Outro dia, o Odie pegou uma meia do Dani e ficou correndo pelo quintal com ela na boca, esperando que alguém quisesse recuperá-la. Isso é típico dele, que é bem moleque...

Vó: O Odie tá com uma meia na boca, mas eu não vou correr atrás dele pra pegar.

Mãe: É do Dani. Eu já vi. A gente pega quando ele largar por aí...

Um tempo depois... avó recupera a meia, largada no quintal.

Isa: Dani, o Odie pegou sua meia! Ele entregou pra vovó! (quem conta um conto, aumenta um ponto!) A vovó é muito digna!

A mãe, aqui: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK